Raças de Cavalos
7867 views
03 de Julho de 2011
Anatomia do cavalo
Cavalos Brancos
Cavalo Lusitano ou Andaluz
Puro Sangue Inglês
O Altér-real
Falabella Fell
Cavalos-de-Przewalski
Cavalos Brumby
Cavalo Árabe
Cavalo Árabe Arabo-Friesians
Cavalos da raça Appallosa
Bretão
Cavalo Campolina Cleveland Bay
Dales
Cavalo Crioulo
Letra de Música Se Houver Cavalo Crioulo
Cavalo Quarto de Milha – Dash Tol Fame
Cavalo Mangalarga Marchador
Paint Horse
Brabantino
Argentino Trotador
Fofos Filhotinhos de cavalos
Vídeos
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Metallica
40 postagens
Vencedoras do Miss Univer...
68 postagens
Regimes/ Dietas
28 postagens
Prédios Altos
17 postagens
Artistas Mortos por Overd...
18 postagens

 

Cavalo Árabe Arabo-Friesians - Arabo-Friesians além de serem o cruzamentos entre Friesians e Árabes também são selecionados pelas suas funções. Devem ter cerca de 40% de selecionado puro sangue árabe e serem parecidos com Friesians, com um pouco menos cabelos nas patas e cabeças. Ter uma grande resistência e tenacidade e são, portanto, adequados para as mais difíceis competições esportivas. Um dos aspectos mais importantes é a sua disposição: é o "golden carácter" das antigas e comprovada linhas de sangue Friesian. Estes cavalos são criados especificamente para o desempenho. O Arabo-Friesians deverá ser capaz de competir contra os melhores cavalos de sangue morno. Arabo-Friesians são igualmente capazes de se utilizar no adestramento e na condução de troles. A Sociedade Arabo-Friesian Europeia possui filiais na França e na Alemanha. Existe também um grande interesse por estes cavalos nos Estados Unidos, Canadá, Espanha, Suíça e Grã-Bretanha. No Brasil começou a ser criado em 2008 através de uma parceria entre o Haras Greca, criador de Árabes e o Haras Black Foot, criador de Friesians. História Cerca de 400 anos atrás, durante o tempo da ocupação espanhola da Holanda, a partir de 1568 até 1648, os agricultores da região da Frísia foram obrigados a usar garanhões espanhóis com sangue árabe em suas éguas. O resultado foi uma imensa e atlética raça de cavalos, que é encontrado na ascendência do Orlov Trotador e do Morgan, entre outros. Eles eram usados pelos ricos e aristrocatas para puxar elegantes troles e em corridas de pequenas carruagens. Depois de 1900, para salvar o Friesian da extinção, a raça teve que se adequar para trabalhos agrícolas. Quando durante a década de 1960, cavalos Friesian desapareceram das arenas internacionais de condução e de adestramento, alguns criadores optaram pela raça árabe. Estes peritos começaram a buscar os melhores puro sangues árabes, que já tinham sido introduzidas na raça há 400 anos, em éguas Friesian cuidadosamente selecionados. Durante muitos anos eles têm sido regularmente colocados entre os dez melhores em competições internacionais de condução, incluindo os campeonatos mundiais. Por oito anos consecutivos, a equipe Schrijvers-Aerts tem ganho os campeonatos belgas four-in-hand com seus Arabo-Friesians. Mais recentemente, Arabo-Friesians também concorrem com sucesso no adestramento.
Laifi © 2011-2020 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda