O Fantástico Mundo de Steve
565 views
29 de Junho de 2011
Anos 50/60
Anos 70
Anos 80
Anos 90
Os anos seguintes
Anos 2000
Anos 2010
A morte de Steve Jobs
Arquivos de fotos
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Principais jornais do Bra...
87 postagens
Acessórios femininos
100 postagens
Atentados contra Político...
30 postagens
Teatro e Música em Cartaz...
56 postagens
Os hotéis mais caros do m...
39 postagens

 

Julho de 1997 - Durante a primeira semana de Jobs ao seu retorno na Apple, ele falou com todos os engenheiros. Perguntou a cada um deles, o que estava sendo produzido, por que estava sendo produzido, e se estava tendo o lucro pretendido. Jobs ouviu um a um. No final, mandou cancelar todos os produtos que estavam sendo fabricado e que não estavam dando lucro. A Apple passou de 40 produtos que produzia, para produzir apenas 2. As ordens de Steve era prozurir apenas desktops e portáteis e nada mais, e claro, softwares para cada um deles. Muitas pessoas na época, pessoas inclusiva da própria diretoria que haviam pedido a Jobs que voltasse, acharam que aquilo era suicidio, mas tal ato foi o que salvou a Apple da falência. Steve mandou cancelar o contrato com todas as outras empresas que estam produzindo o Macintosh, sendo assim, a Apple voltava a ser a única a produzir o produto. Fato que deu uma leve desagradada nos clientes, afinal, produtos originais eram sempre mais caros. Há alguns anos atrás, quando Jobs ainda nem havia pensado em deixar a Apple, a empresa processou a Microsoft alegando que a empresa de Bill Gates havia plagiado o sistema operacional Macintosh ao desenvolver o Windows. Embora nunca tenha conseguido provar, o processo se estendeu por anos, até que Jobs fez uma proposta a Gates. A Microsoft continuaria a desenvolver o pacote Office para o Mac e em troca Jobs retiraria a acusação, afinal, o Mac era maravilhoso, mas sem o Office estaria com os dias contados. O iCEO da Apple ainda conseguiu com que Bill Gates apoiasse o retorno da Apple publicamente com um investimento de 150 milhões de dólares. Valor ridículo para o tamanho das duas empresas, mas os investidores acharam o máximo, e no outro dia as ações da Apple já haviam subido 30%. A única exigência de Gates nisso tudo, é que a Apple deveria deixar como navegador padrão do Mac o Internet Explorer da Microsoft, que na época disputava o controle da Web com a Nestcape. Trato feito. *Curiosidade - Como a Apple estava em conteção de dispesas, Steve tinha que fazer algumas demissões, e claramente, demissões em massa foram feitas. O curioso disso, é que Jobs aparecia do nada, pegava um elevador com algum funcionário e o enchia de perguntas, caso as respostas não fossem convincentes, o mesmo estava demitido. Dentro da Apple, tal ato ficou conhecido como ser "Stevado".
Laifi © 2011-2017 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda