A Geração Beat
2565 views
29 de Junho de 2011
Introdução
Por que "beat"?
Beatniks ou Bitolados?
Contexto Histórico
Contracultura
Autores
No Brasil
Adaptações para o cinema
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Porto Alegre Antiga
139 postagens
Obras de Salvador Dalí
36 postagens
Tabela Periódica
12 postagens
Tipos de Galáxias
16 postagens
Ângulos
20 postagens

 

Por que "beat"? - A expressão "beat generation" surgiu em uma conversa específica entre Jack Kerouac e John Clellon Holmes em 1948. Discutiam a natureza das gerações, lembrando o glamour da lost generation (geração perdida), e Kerouac disse: "Ah, isso não passa de uma geração beat". Falavam sobre ser ou não uma "geração encontrada" (como Kerouac às vezes denominava), uma "geração angélica", ou qualquer outro epíteto. Mas Kerouac descartou a questão e disse "geração beat" - não para nomear a geração, mas para desnorteá-la. Trecho de The Beat Book, de Allen Ginsberg. Tradução de Claudio Willer. Retirado de: WILLER, Claudio. Geração Beat. Porto Alegre: L&PM Editores, 2009. p.7 O termo "beat" fazia parte do vocabulário "hipster", isto é, dos artistas marginais, "outsiders", de Nova York. Além disso, a expressão "hippie" nada mais é do que um diminutivo de "hipster", que definia os alternativos da segunda metade da década de 1960. O estudioso brasileiro da geração beat Claudio Willer ainda chama a atenção para a semântica da palavra "beat", que pode significar também a "batida" do jazz, gênero musical muito popular na época para aquele grupo de artistas em especial.
Laifi © 2011-2020 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda