Os Estados Brasileiros
43178 views
28 de Junho de 2011
cidade de campos dos goytacazes
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Mamíferos aquáticos
49 postagens
Bebidas em Espanhol
20 postagens
Vegetação do Brasil
40 postagens
Personalidades que Contri...
61 postagens
Camadas da atmosfera
10 postagens

 

Rio de Janeiro - O estado do Rio de Janeiro é o segundo mais rico de todo o território nacional, perdendo apenas para o estado de São Paulo. O estado tem como capital a cidade do Rio de Janeiro, cujo qual é o maior ponto turístico do Brasil. Aos cidadãos nascidos na estado dá-se a nomenclatua de fluminense, porém, o estado deu um nome mais carismático para os seus filhos, pasaram também a ser chamados de Cariocas. Muitas cidades destacam-se devido à forte vocação turística, como: Araruama, Angra dos Reis, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, São Pedro da Aldeia, Nova Friburgo, Penedo (distrito de Itatiaia), Paraty, Petrópolis, Rio das Ostras, Saquarema, Teresópolis, Sumidouro, entre outras. A população do Rio de Janeiro é uma das maiores do país, embora sua área no continente seja relativamente pequena, e no mapa do Brasil, o estado é visivelmente um dos menores do país, a população está na casa dos 16 milhões de habitantes. A história do Rio de Janeiro conta alguns fatos que mostram que a cidade poderia não ser tão rica quanto é hoje, e ser um desgosto para o país. Nos anos de 1800 em diante, a ciadade foi uma das mais ricas das colônias portuguesas, toda a riqueza provinha da venda de café para a Europa, obviamente que a colheira do café era feira pelos escravos. O grande problema veio em 1888, com a abolição da escravatura. A burguesia carioca fica com sérios problemas, pois perdendo a mão de obra na colheita do café, seria praticamente impossível fazer a venda do produto, afinal, os senhores burgueses jamais iriam se sujar e colher eles mesmo seu próprio sustento. E mesmo que fizessem isso, em cada fazenda eram necessários em torno de uns 200 escravos para colher todo o café produzido, ato que seria impossível se dependesse apenas dos senhores do dinheiro. Após anos de incrível queda, a capital do Brasil passa a ser a cidade do Rio de Janeiro, por motivos políticos, claro. A burguesia que antes nutria amor pelos seus pés de café, agora mandavam derrubar todos os cafezais para transformarem o campo em pasto para a pecuária. O Rio de Janeiro voltou a crecer no período em que Getúlio Vargas assumiu a presidência do Brasil. Getúlio, através de investimentos e e uma grande estratégia política, conseguiu fazer com que o estado do Rio de Janeiro voltasse a ser valorizado, e assim seguiu até os dias atuais. O estado foi um dos mais contemplados com a Mata Atlântica, porém, com o desmatamento ano a ano, a única parte de mata que sobrou está em uma reserva estadual, caso contrário já não mais existiria. Em 2007, o Brasil tornou-se mais conhecido mundialmente através da cidade do Rio de Janeiro, capital do Estado, quando em uma votação feita no mundo, o Cristo Redentor foi eleito uma das sérimas maravilhas do mundo moderno. No Rio de Janeiro a religião já está tomando novos ares, fora do Rio Grande do Sul, é no Rio de Janeiro onde se cultua mais fielmente os cultos afro-umbandistas, claro, isso não tira a supremacia da massa católica, mas ajuda a mostrar a diversificação de uma população onde a colonização européia e presente ainda hoje com prédios e igrejas antigas. No futebol o estado conta com a segunda maior parte dos times de um único estado na série A do campeonato Brasileiro, são eles, Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama.
Laifi © 2011-2019 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda