Os primeiros povos da América e os índios do Brasil
13823 views
27 de Junho de 2011
Organização social
Curacas
Grupos não privilegiados
Nobreza real
Organização política
Cultura e arte
Huitzilíhuitl (1395–1417)
Chimalpopoca (1417–1427)
Itzcóatl (1427-1440)
Montezuma I (1440-1469)
Axayacatl (1469-1481)
Tízoc (1481-1486)
Ahuizotl (1486-1502)
Cuauhtémoc (1520-1521)
Cuitláhuac (1520)
 

 

 

 

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Isomeria
24 postagens
Radioatividade
21 postagens
Três Poderes
48 postagens
Pintores Famosos
206 postagens
Império Romano e Cristand...
23 postagens

 

Organização política - O Estado incaico era teocrático porque o imperador, o Inca, era reconhecido como o filho do sol, o deus mais importante. Um conselho de nobres e sacerdotes, chamados de orelhões e pertencentes à família real, assessorava o Inca nas tarefas do governo. No caso da morte do Inca, para a sucessão, havia uma guerra civil entre os pretendentes ao trono: filhos do imperador falecido, irmãos, sobrinhos e membros de outras famílias. O vencedor era aclamado Inca e deveria voltar a restaurar a ordem, depois da anarquia em que se encontrava o estado antes de assumir o Império. A partir daí, os sucessivos Incas passaram a ter o costume de formar uma linhagem própria, chamada de panaca. Cuzco contava com uma dúzia de panacas. Os parentes do Inca falecido, menos o filho que lhe sucedia, formavam uma panaca e gozavam das propriedades que o morto havia adquirido durante a sua vida. Ao assumir, o novo Inca era considerado huacho ou pobre, mas através do exercício do poder voltava a acumular vários bens.
Laifi © 2011-2017 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda