História do S.C. Internacional
2003 views
22 de Junho de 2011
Fundação do Internacional
Como foram definidas as cores do clube?
Como surgiu o símbolo do Internacional?
O Internacional vai para os gramados!
1909 a 1930
Primeiro Título Estadual - 1927
1930 a 1940
O Rolo Compressor
Curiosidade
Década de 1950
O Inter é convidado para jogar na casa do rival
Inter e a seleção Brasileira
o Hino
Década de 1960
Década de 1970
O primeiro título nacional
O Inter conquista o bi-campeonato
O Inter conquista o Tri
Década de 1980
Década de 1990
Gre-Nal dos 5 x 2
Década de 2000
O Internacional volta a ser internacional
INTER CAMPEÃO DO MUNDO
RECOPA
Dubai Cup
Copa Sul-Americana
Década de 2010/2011
A América é vermelha novamente
FINAL CAMP. GAÚCHO / GRE-NAL
Inter x Milan
Ídolos que se foram
Modernização do Beira-Rio
Aniversário de Porto Alegre - 240 anos
Categorias de base
04/04/2012 - Aniversário de 103 anos
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Esportes Aquáticos
23 postagens
Kart
33 postagens
Pilates
18 postagens
Grêmio na Libertadores 19...
23 postagens
Locais para prática de es...
30 postagens

 

o Hino - No final dos anos 50, o Internacional sentiu necessidade de ter um hino, uma canção formal de celebração dos sentimentos colorados. Fez-se um concurso, houve muitos candidatos, mas nenhum dos hinos satisfez a alma colorada como aquele que fora feito numa tarde de sofrimento de torcedor. O torcedor era Nélson Silva, carioca, compositor de morro, e que morava em Porto Alegre. O Internacional desandava contra o Aymoré. O ano era 1957. Ele escutava o jogo e esperava pela namorada, Ieda, mas esqueceu o compromisso daquela tarde. Sentou brabo na mesa de um bar, e por razões de quem é artista, começou a escrever um hino de louvação ao clube colorado. Quando concluiu a última estrofe com o Clube do povo/ do Rio Grande do Sul, teve a sensação de que era isto que seria cantado pelo torcedor. Foi o que aconteceu. 'Celeiro de Ases' é hoje o hino oficial do Internacional e do torcedor colorado. Até alguns anos atrás a torcida também costumava cantar uma antiga marchinha carnavalesca – Papai é o maior/ Papai é que é o tal / Que coisa linda, que coisa rara / Papai não respeita a cara. Dando um salto no tempo para o ano de 2006, durante a campanha do primeiro título da Libertadores, a torcida acostumou-se a entoar uma canção que virou praticamente um hino da conquista: Colorado, Colorado/ Nada vai nos separar/ Somos todos teus seguidores/ Para sempre eu vou te amar. Celeiro de Ases (Nélson Silva, 1957) Glória do desporto nacional Oh, Internacional Que eu vivo a exaltar Levas a plagas distantes Feitos relevantes Vives a brilhar Correm os anos, surge o amanhã Radioso de luz, varonil Segue a tua senda de vitórias Colorado das glórias Orgulho do Brasil É teu passado alvi-rubro Motivo de festas em nossos corações O teu presente diz tudo Trazendo à torcida alegres emoções Colorado de ases celeiro Teus astros cintilam num céu sempre azul Vibra o Brasil inteiro Com o clube do povo do Rio Grande do Sul
Laifi © 2011-2020 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda