História do S.C. Internacional
2003 views
22 de Junho de 2011
Fundação do Internacional
Como foram definidas as cores do clube?
Como surgiu o símbolo do Internacional?
O Internacional vai para os gramados!
1909 a 1930
Primeiro Título Estadual - 1927
1930 a 1940
O Rolo Compressor
Curiosidade
Década de 1950
O Inter é convidado para jogar na casa do rival
Inter e a seleção Brasileira
o Hino
Década de 1960
Década de 1970
O primeiro título nacional
O Inter conquista o bi-campeonato
O Inter conquista o Tri
Década de 1980
Década de 1990
Gre-Nal dos 5 x 2
Década de 2000
O Internacional volta a ser internacional
INTER CAMPEÃO DO MUNDO
RECOPA
Dubai Cup
Copa Sul-Americana
Década de 2010/2011
A América é vermelha novamente
FINAL CAMP. GAÚCHO / GRE-NAL
Inter x Milan
Ídolos que se foram
Modernização do Beira-Rio
Aniversário de Porto Alegre - 240 anos
Categorias de base
04/04/2012 - Aniversário de 103 anos
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Clubes do futebol italian...
36 postagens
Paintball
17 postagens
Mr. Olympia
98 postagens
Ídolos do Flamengo
32 postagens
NBA
51 postagens

 

Inter e a seleção Brasileira - A Seleção Brasileira jogou sua primeira partida em 1914, mas só ganhou o seu primeiro título no exterior em 1952, no Pan-Americano do Chile. Entre os 22 jogadores do grupo, oito eram do Inter. E, cumprindo o destino de grandeza do Clube, sete desses oito foram titulares do time que ganhou o bi do Pan para o Brasil, em 1956, no México. O técnico também era colorado, Francisco Duarte Júnior, o Teté. O Rio Grande do Sul transformou-se no centro das atenções esportivas. A seleção gaúcha com camisa da CBF estreou no dia 1º de março com vitória sobre o Chile: 2 a 1, com gols de Luizinho e Raul Klein. Em um jogo contra a Costa Rica, até então a grande surpresa do Pan-Americano, o placar foi 7 a 1, com três gols de Larry, três de Chinesinho e o último gol de Bodinho. A final foi contra a Argentina – empate em 2 a 2 e a consagração do time de Teté, campeão invicto do Pan-Americano do México, em 1956. Na volta ao Brasil, os jogadores foram visitados pelo vice-presidente da República, João Goulart, no Rio de Janeiro, e foram ao Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, para ver o presidente Juscelino Kubitschek e entregar o Jarrito de Ouro (mais tarde roubado da sede da CBF, junto à Copa Jules Rimet). Além de medalhas de ouro, o time ainda ganhou outros prêmios, mas, principalmente, o Brasil descobriu que poderia contar com o Internacional para qualquer parada.
Laifi © 2011-2020 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda