Machado de Assis - Vida e Obra
19837 views
21 de Junho de 2011
O Bruxo do Cosme Velho
Contexto Histórico
Obras
Poesia
Romance
1a Fase - Romântico
2a Fase - Realista
Crônicas
Contos
Peças de Teatro
Críticas
Reconhecimento Internacional e Traduções
Adaptações para TV e cinema
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Água
24 postagens
Os primeiros povos da Amé...
65 postagens
Tipos de climas
21 postagens
Escravidão no Brasil
32 postagens
Quinhentismo (Literatura ...
13 postagens

 

Críticas - Lista das críticas feitas por Machado de Assis: O Passado, o presente e o futuro da literatura (1858) Idéias sobre o teatro (1859) Revista dos teatros (1859) Revista Dramática (1860) A Crítica teatral. José de Alencar: Mãe (1860) Crítica variada - Diário do RJ (1862) Flores e Frutos, de Bruno Seabra (1862) Pareceres - Conservatório Dramático (1862 - 1864) Homem de Mello e B. Pinheiro – A Constituinte perante a História eSombras e Luz (1863) Peregrinação pela província de S. Paulo, por A. E. Zaluar (1863) Revelações, de A. E. Zaluar (1863) Dois folhetins. Suplício de uma mulher (1865) O Ideal do crítico (1865) Álvares de Azevedo: Lira dos vinte anos (1866) Crítica teatral (1866) Fagundes Varela – Cantos e fantasias (1866) J.M. de Macedo: O culto do dever (1866) José de Alencar: Iracema (1866) Junqueira Freire: Inspirações do claustro (1866) Porto Alegre: Colombo (1866) Propósito (1866) Castro Alves (1868) Lúcio de Mendonça: Névoas matutinas (1872) Un cuento endemoniado e La mujer misteriosa, de Guilherme Malta(1872) Notícia da atual literatura brasileira: Instinto de nacionalidade(1873) Fagundes Varela (1875) Eça de Queirós: O primo Basílio (1878) Francisco de Castro: Harmonias errantes (1878) A Nova geração (1879) Carlos Jansen: Contos seletos das mil e uma noites (1882) Raimundo Correia: Sinfonias (1882) Alberto de Oliveira: Meridionais (1884) Enéias Galvão: Miragens (1885) L. L. Fernandes Pinheiro Júnior: Tipos e quadros (1886) José de Alencar: O Guarani (1887) Henriqueta Renan (1896) Discursos na Academia Brasileira de Letras (1897) Magalhães de Azeredo: Procelárias (1898) Cenas da vida amazônica, de José Veríssimo (1899) Garrett (1899) Eça de Queirós (1900) Eduardo Prado (1901) Magalhães de Azeredo e Mário de Alencar: Horas sagradas e Versos(1902) Oliveira Lima: Secretário d'el-rei (1904) Joaquim Nabuco: Pensées détachées et souvenirs (1906)
Laifi © 2011-2020 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda