Cidades históricas do Brasil
6457 views
20 de Dezembro de 2011
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Tipos de guerras
46 postagens
Histórias das Bruxas
47 postagens
Museus do mundo
37 postagens
Como funciona uma usina h...
16 postagens
Poliedros Regulares - Sól...
15 postagens

 

Congonhas/Minas Gerais - O início do povoamento da cidade de Congonhas ocorreu por volta do ano de 1700, quando lusitanos que haviam se instalado na antiga Vila Real de Queluz, atual Conselheiro Lafaiete, passaram a buscar na região outras localidades que se demonstrassem prósperas para a prática da mineração aurífera. Estes agrupamentos instalaram-se em volta do rio Maranhão e ao longo do tempo foram se desenvolvendo. Segundo Xavier da Veiga, a Freguesia* de Congonhas teria sido criada em 1745, no entanto, existem contestações quanto a esse respeito. Outras datas são mencionadas como no livro de Lotação das Freguesias do Arquivo Eclesiástico de Mariana. No registro estão expressas as seguintes informações: "Foi erigida por ordem de S. Majestade, em 1734, e depois, pelo Ordinário, em curato e, pelo alvará de 13 de abril de 1745, foi mandada declarar de natureza coletiva, em lugar de Nossa Senhora da Conceição do Ribeirão do Carmo que, pela sua elevação à cabeça da Diocese, passou a ser curato amovível a arbítrio do Prelado". A escolha do nome Congonhas teve sua inspiração nas paisagens daquela região mineradora. Congonhas é o nome de uma abundante planta existente nas proximidades do arraial, o Congõi, que em Tupi significa “O que Sustenta, O que Alimenta”. Com o rápido desenvolvimento do Distrito devido às imensas riquezas em ouro encontradas em seu entorno, Congonhas não chegou nem mesmo a ser uma Vila passando diretamente para o título de Município. No ano 1948, ocorreu uma simplificação da denominação do município que então se chamava Congonhas do Campo sendo reduzida para Congonhas, sem uma antecedente consulta à população. Recentemente, no dia 31 de agosto de 2003, foi realizado um plebiscito na cidade para averiguar o desejo dos moradores para retornar às origens com o nome de Congonhas do Campo. Mas cerca de 20500 pessoas dos quase 26 mil eleitores votaram para manter o nome atual de Congonhas. Pela cidade passariam grandes arquitetos e artistas consagrados que deixaram marcas expresivas para toda a posteridade, como o tão conhecido hoje, Antônio Francisco de Lisboa, o Aleijadinho. Em Congonhas, o mestre Aleijadinho deixou doze profetas esculpidos em pedra sabão sendo expostos no alto da Basílica de Bom Jesus do Matozinhos. No percurso até a chegada à basílica, é possível conhecer outra marca de sua obra, os seis passos esculpidos em madeira. Fonte: http://www.desvendar.com/cidades/congonhas/default.asp
Laifi © 2011-2019 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda