Museus de Artes pelo Brasil
2449 views
12 de Dezembro de 2011
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Reis durante a Guerra dos...
23 postagens
Vida e obras de Júlio Ver...
46 postagens
Formas alternativas de pr...
20 postagens
Desastres da natureza
32 postagens
Europa no século XVIII
41 postagens

 

Museu de Arte de Pampulha (Belo Horizonte/MG) - Originalmente construído para abrigar um cassino, que, com a proibição do jogo no país em 1946 fecha suas portas, foi criado um projeto de criação de um museu de arte moderna e contemporânea em Belo Horizonte, o Museu de Arte da Pampulha - MAP. O Museu de Arte da Pampulha, foi projetado, em 1940, por Oscar Niemeyer, com jardins criados pelo paisagista Roberto Burle Marx, a pedido do então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitschek. Completam o Conjunto Arquitetônico da Pampulha a Casa do Baile, a Igreja São Francisco e o Iate Clube. É uma das mais belas edificações brasileiras. As exposições de arte acontecem no Salão Nobre, no Mezanino e no Auditório. Em seu acervo, composto por aproximadamente 1.600 obras, figuram as mais diversas escolas e tendências da arte moderna e contemporânea. É um acervo que abriga nomes como Guignard, José Pedrosa, Di Cavalcatni, Ivan Serpa, Ceschiatti, Franz Weissmann, Portinari, Renina Katz, Faiga Ostrower, Mary Vieira, Iberê Camargo, Edith Berhring, Goeldi, Tomie Ohtake, Amilcar de Castro, Burle Marx, Volpi, João Câmara, GTO, Antonio Poteiro, Lotus Lobo, Raymundo Collares, Siron Franco, Liliane Dardot, Marcos Coelho Benjamin, Regina Silveira, Mário Zavagli, Arlindo Daibert, Isaura Pena, Mário Azevedo, Renato Madureira, Niura Bellavinha, Eder Santos, José Bento, Jac Leirner, Rosângela Rennó, Ana Maria Tavares, Cao Guimarães, Rivane Neuenschwander, Marilá Dardot, Cristiano Rennó, Valeska Soares, Ernesto Neto, Paulo Nazareth, entre outros. O museu conta com salas multimídia, biblioteca, café, bar, lojas etc., e tem sua infra-estrutura técnica e organização museológica renovadas. Exposições periódicas com obras do acervo, além da divulgação da produção contemporânea, fazem parte da agenda do museu, que ajuda a promover ainda o Salão Nacional de Arte de Belo Horizonte, do qual faz parte a Bolsa Pampulha para jovens artistas. Mostras individuais e coletivas com notáveis nomes da arte contemporânea brasileira e internacional. São realizadas durante todo o ano, com duração de três a quatro meses, e ocupam o Salão Nobre, o Mezanino e o Auditório. Fonte: http://www.guiaentradafranca.com.br/espacoG.php?idUrl=6
Laifi © 2011-2021 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda