Fim do Mundo 2012
2760 views
08 de Novembro de 2011
Teorias sobre o fim do mundo.
Religiosa
Nasa
NASA desmente fim do mundo em 2012
Cientistas
Astrólogo Mike Brown
Cientistas derrubam seis mitos sobre o fim do mund...
Mito 1 sobre 2012
Mito 2 sobre 2012
Mito 3 sobre 2012
Mito 4 sobre 2012
Mito 5 sobre 2012
Mito 6 sobre 2012
Filmes sobre o tema
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Planejando Casamento
46 postagens
Red Hot Chili Peppers
27 postagens
Instrumentos de Pagode e ...
14 postagens
Árvores de natal decorada...
32 postagens
Cães Vira-latas
62 postagens

 

Mito 6 sobre 2012 - Os maias tinham previsões claras para 2012 Se os maias não esperavam o fim do mundo em 2012, o que exatamente eles previram para esse ano? Muitos estudiosos que se aprofundaram na evidência dispersa em monumentos maias dizem que o império não deixou um registro claro prevendo que qualquer coisa específica aconteceria em 2012. Os maias retrataram de fato um desagradável - embora não datado - cenário do fim do mundo, descrito na página final de um texto de aproximadamente 1100, conhecido como Códice de Dresden. O documento descreve um mundo destruído pela enchente, um cenário imaginado em muitas culturas e provavelmente vivenciado, em uma escala menos apocalíptica, por povos antigos. Aveni, o arqueoastrônomo, disse que o cenário não deve ser interpretado literalmente - mas como uma lição sobre o comportamento humano. Ele associa os ciclos ao nosso próprio período de Ano Novo, quando a conclusão de uma era é acompanhada por atividades frenéticas e estresse, seguidas de um período de renascimento, quando muitas pessoas fazem uma reflexão e resolvem começar a viver de uma maneira melhor. Na verdade, Aveni diz, os maias não eram muito chegados a previsões. "Toda a escala de registro do tempo é muito direcionada ao passado, não ao futuro", ele disse. "O que é lido nesses monumentos da Longa Contagem são eventos que ligavam os governantes maias a ancestrais e ao divino." "Quanto mais você planta suas raízes no passado do tempo profundo, melhor você pode argumentar que é legítimo", Aveni disse. "E acho que é por isso que esses governantes maias usavam o tempo da Longa Contagem". "Não se trata de uma previsão fixa sobre o que vai acontecer."
Laifi © 2011-2018 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda