Mamíferos aquáticos
4023 views
18 de Outubro de 2011
Mamíferos Aquáticos
Peixe-Boi-Marinho
Baleia-Franca
Baleia-Jubarte
Golfinho-Rotator
Golfinho-Nariz-de-Garrafa
Baleia-Azul
Cachalote
Leão-marinho-da-América-do-sul
Leão-marinho-da-Califórnia
Lobo-marinho
Narval
Orca
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Bandeiras do Brasil
25 postagens
Reforma Ortográfica da Lí...
34 postagens
Louvre
34 postagens
Dilatação Térmica dos Sól...
17 postagens
Monarquia espanhola
33 postagens

 

Golfinho-Rotator - O rotador é um dos golfinhos mais coloridos, com o corpo dividido em três cores: cinza escuro no dorso (parte de trás), cinza claro nos flancos (lateral) e branco no ventre (barriga). Eles têm esse nome porque conseguem girar o corpo até sete vezes quando saltam fora da água. Conhecidos cientificamente como Stenella longirostris, costumam viver em grupos de 3 a 50 indivíduos e sabem trabalhar em equipe, pois as decisões são tomadas em conjunto pelo grupo. Os exemplares da espécie podem atingir 2 metros de comprimento, pesar 75 kg e "nadar" a uma velocidade impressionante de até 70 km/h. Assim como os humanos, os golfinhos têm respiração pulmonar e, por isso, precisam vir à superfície periodicamente para respirar. Ao invés de nariz, eles possuem um "orifício respiratório" (espiráculo), como um pequeno buraco, localizado em cima da cabeça, que se abre quando o golfinho chega à superfície, e se fecha quando ele volta a mergulhar. Os rotadores também possuem olhos muito parecidos com os do homem, conseguindo distinguir cores, enxergar dentro e fora da água e identificar outros membros do grupo, embarcações ou mesmo obstáculos na água, contando também com o apoio do sonar para se localizarem. Para se comunicar entre eles, os golfinhos utilizam sons (como assobios altos) e saltos (linguagem corporal), que variam de acordo com o comportamento do grupo e do animal. O golfinho-rotador gosta de águas tropicais (quentes) e é encontrado nos oceanos Altântico, Pacífico e Índico. Ele nunca entra nos rios e raramente é visto na costa continental. Buscam abrigo em águas calmas de ilhas oceânicas, como ocorre na Baía dos Golfinhos, localizada no arquipélago de Fernando de Noronha (PE). Lá, é possível encontrar as maiores concentrações de golfinhos oceânicos do mundo, com a chegada quase diária de grupos de 3 a 2046 animais. Os rotadores conseguem "nadar" cerca de 150 km de distância em apenas 24h! Uma mesma fêmea costuma cruzar com diversos machos do grupo, independente de estar na época reprodutiva. Assim, na estrutura social da espécie não existe a figura do pai, apenas a da mãe, que carrega os filhotes na barriga por um período de 10 meses e meio. Quando nascem, os filhotes têm, em média, 75 cm de comprimento. Para mamar, eles fazem um verdadeiro malabarismo: ficam de lado e esfregam o focinho na fenda mamária da mãe, por onde é expelido o leite. O cérebro do golfinho -rotador é o terceiro maior (proporcionalmente, em relação ao peso e volume do tamanho do animal) entre as espécies do reino animal, com cerca de 1,5 kg. O córtex associativo do golfinho, a parte do cérebro especializada no pensamento abstrato e conceitual, é maior que a do ser humano. Quando descansam, os golfinhos-rotadores realizam lentos movimentos de subida e descida entre a superfície e o fundo da enseada. Além disso, o organismo deles passa a funcionar em ritmo bem devagar. Quando os golfinhos-rotadores encontram um ou mais tubarões de grande porte, subgrupos de quatro a seis rotadores machos tentam expulsar o tubarão, "nadando" em direção a ele, emitindo sons e curvando o corpo. Dependendo do tamanho e da agressividade do tubarão e do estado de alerta e coesão dos golfinhos, o tubarão desiste do ataque ou os golfinhos saem da área "nadando" em alta velocidade, saltando para fora da água.
Laifi © 2011-2023 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda