Austrália
17848 views
10 de Outubro de 2011
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Restaurantes de Porto Ale...
36 postagens
São Paulo - SP
47 postagens
Londres
23 postagens
As praias mais bonitas do...
18 postagens
Cordilheira dos Andes
19 postagens

 

Independência e Guerras Mundiais - Até os anos 1820, muitos soldados, oficiais e condenados emancipados haviam transformado as terras que receberam do governo em prósperas fazendas. Notícias sobre as terras baratas e o trabalho abundante na Austrália traziam mais e mais barcos cheios de migrantes aventureiros da Grã-Bretanha. Colonizadores ou “squatters” começaram a adentrar cada vez mais os territórios aborígines – com frequência armados – em busca de pastos e água para seus animais. Em 1825, um grupo de soldados e condenados colonizou o território do povo Yuggera, próximo à Brisbane de hoje. Perth foi colonizada por ingleses em 1829 e, em 1835, um colonizador navegou até Port Phillip Bay e escolheu a localização de Melbourne. Ao mesmo tempo, uma empresa britânica particular, orgulhosa de não ter nenhum vínculo com os condenados, colonizou Adelaide, na Austrália do Sul. O ouro foi descoberto em Nova Gales do Sul (New South Wales) e na região central de Victoria em 1851, atraindo milhares de homens jovens e algumas mulheres aventureiras, também jovens, das colônias. A eles se juntaram muitos barcos repletos de exploradores vindos da China e um caótico carnaval de artistas, taberneiros, vendedores de bebidas ilegais, prostitutas e charlatões de todas as partes do mundo. Em Victoria, o governador britânico tenta impor a ordem – uma licença mensal e soldados de cavalaria de mão pesada – em resposta à sangrenta luta antiautoritarismo da barreira de defesa de Eureka, em 1854. Apesar da violência nos garimpos, a riqueza advinda do ouro e da lã trouxe investimentos enormes a Melbourne e Sydney e, nos anos 1880, elas já eram cidades modernas e cheias de estilo. A Austrália se torna uma nação Os seis estados da Austrália se tornaram uma nação sob uma única constituição em 1º de janeiro de 1901. Uma das primeiras ações do novo parlamento nacional foi aprovar a legislação, posteriormente conhecida como Política da Austrália Branca, que restringia a migração principalmente a pessoas de origem europeia. Essa política foi desmantelada progressivamente após a Segunda Guerra Mundial e hoje a Austrália é o lar de povos de mais de 200 países. Os australianos partem para a guerra A Primeira Guerra Mundial teve um efeito devastador na Austrália. Havia menos de 3 milhões de homens em 1914, mas quase 400.000 deles se ofereceram para lutar na guerra. Estima-se que 60000 tenham morrido e dezenas de milhares tenham ficado feridos. Como uma reação ao pesar, os anos 1920 foram um turbilhão de novos carros e cinemas, jazz e filmes americanos e entusiasmo pelo Império Britânico. Quando a Grande Depressão chegou em 1929, as divisões social e econômica se ampliaram e muitas instituições financeiras australianas faliram. O esporte foi a distração nacional e ídolos do esporte, como o cavalo de corrida Phar Lap e o jogador de cricket Donald Bradman, atingiram um status próximo ao de mitos. Durante a Segunda Guerra Mundial, as forças australianas fizeram uma contribuição significativa para a vitória dos Aliados na Europa, Ásia e no Pacífico. A geração que lutou na guerra e sobreviveu, submergiu disso com uma sensação de orgulho das capacidades australianas. Pós-guerras Após o término da guerra em 1945, centenas de milhares de imigrantes de toda a Europa e do Oriente Médio chegaram à Austrália, muitos deles encontrando empregos no crescente setor manufatureiro. Muitas das mulheres que assumiram empregos nas fábricas enquanto os homens estavam na guerra continuaram a trabalhar durante o tempo de paz. A economia da Austrália cresceu durante toda a década de 1950, com grandes projetos de construção da nação, como o Esquema de hidroelétricas nas Snowy Mountains, montanhas próximas a Canberra. A demanda internacional pelos principais produtos de exportação australianos – metais, lã, carne e trigo – cresceu, e a Austrália suburbana também prosperava. A quantidade de casas próprias cresceu drasticamente de meros 40% em 1947 para mais de 70% nos anos 1960. Fonte: http://www.australia.com/pt-br/about/history.aspx
Laifi © 2011-2019 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda