A história dos Samurais
5330 views
19 de Setembro de 2011
Costumes samurai
Armas Samurai
Samurais
Adaptações Cinematográficas
Desenhos animados
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Tipos de Vinhos
125 postagens
Red Hot Chili Peppers
27 postagens
Exército Brasileiro
84 postagens
Figurino para Reveillon
29 postagens
Titanic
34 postagens

 

A origem dos Samurais - Na figura acima, Kanji para "samurai" Durante quase oito séculos os Samurais mostraram ao mundo o real significado de lealdade, respeito e disciplina. Características que, ainda hoje são muito apreciadas pelo mundo inteiro, mas que poucas pessoas conseguem possuir ao mesmo tempo. O guerreiro samurai era uma pessoa muito orgulhosa, tanto que se seu nome fosse desonrado ele executaria o seppuku, pois em seu código de ética era preferível morrer com honra a viver sem a mesma. Seppuku, era o suicídio honrado de um samurai, no qual usava-se uma tanto (faca) e com ela enfiava-se no estômago e puxava-a para cima eviscerando-o. Uma morte dolorosa e orgulhosa. O início dos samurais deu-se por uma causa política, no início do século VIII, o império selecionou um grupo de soldados, e os treinou, estabelecendo assim, a patente de samurai. A principal função do samurai era fazer a coleta de impostos. Porém, fica a pergunta, por qual motivo era necessário homens altamente treinados, armados, e com armaduras poderosas, apenas para coletar os impostos? Simples, na época, alguns camponeses não eram muito suscetivos ao pagamento de impostos, acontecendo muitas vezes agressões por partes dos camponeses. Os samurais então tinham também que usar a força. Já em meados do século X, o termo "Samurai" foi devidamente oficializado, e com isso, várias outras funções foram atribuídas, a principal função, e a que erguei a fama dos samurais, foi a de militar. Qualquer cidadão japonês podia tornar-se um Samurai, entretanto era necessário que o pretendente tivesse um mínimo de habilidades que lhe dariam suporte para os árduos treinamentos. Após uma série de preparações, o aspirante a samurai deveria aprender com restrita perfeição a arte do Kobudo, a arte marcial exclusiva dos Samurais. Além de ter a suave destreza dessa luta, eram necessários mais alguns requisitos, importantíssimos, diga-se de passagem, eram eles: manter uma excelente reputação e ser habilidoso o suficiente para ser contratado por um senhor feudal. Assim foi até o regime dos Tokugawa, iniciado em 1603, quando a classe dos samurais passou a ser uma casta. Assim, o título de "samurai" começou a ser passado de pai para filho. O samurai mais famoso de todos os tempos foi Miyamoto Musashi (1584—1645), um guerreiro que veio do campo, participou da batalha de Sekigahara e iniciou um longo caminho de aperfeiçoamento. Ele derrotou os Yoshioka em Edo (atual Tóquio) e venceu o grande Sasaki Kojirō, outro grande samurai. Pelo fim da era Tokugawa, os samurais eram burocratas aristocráticos ao serviço dos daimiô, com as suas espadas servindo para fins cerimoniais. Com as reformas da era Meiji, no final do século XIX, a classe dos samurais foi abolida e foi estabelecido um exército nacional ao estilo ocidental. O rígido código samurai, chamado bushido, ainda sobrevive, no entanto, na atual sociedade japonesa, tal como muitos outros aspectos do seu modo de vida. Os Samurais, como classe social, deixaram de existir em 1868, com a restauração Meiji, quando o imperador do Japão retomou o poder do país. Seu legado continua até nossos dias, influenciando não apenas a sociedade japonesa, mas também o ocidente.
Laifi © 2011-2020 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda