Depressão
24965 views
23 de Agosto de 2011
Quais são os principais sintomas da depressão?
Sintomas do Sistema Nervoso Central (SNC)
É uma doença ligada aos tempos modernos?
A identificação da depressão
Um amigo ou familiar está com depressão. O que faz...
Depressão crônica (distimia)
Depressão atípica
Depressão pós-parto
Distúrbio afetivo sazonal (DAS)
Tensão pré-menstrual (TPM)
Depressão maior
Distúrbio Afetivo Bipolar
Depressão Reativa ou Secundária
Depressão Típica
Depressão e doenças cardíacas
Depressão no paciente com câncer
Delírio na Depressão
Interesse, Apetite e Sono na Depressão
O Pensamento Depressivo
Pessimismo
Generalizações
Pensamento Inseguro
A Química da Depressão
Os Quadros Ansiosos
Os Quadros Impulsivos
Os Quadros Somáticos
A Depressão tem tratamento?
Como você pode ajudar no seu tratamento?
O que mais você pode fazer pelo seu tratamento?
Diagnóstico
Como é a avaliação psicológica da criança?
Quais são os testes psicológicos aplicados para av...
Depressão da Infância Precoce
Luto da Criança
Reação de Dor e Aflição Prolongadas
Como é o tratamento para a depressão infantil?
Como é o tratamento medicamentoso?
O que são antidepressivos triciclos (ADTC)?
O que são os ISRS?
Quais os efeitos colaterais dos antidepressivos na...
Qual é a duração do tratamento?
Como os pais e professores podem ajudar no tratame...
Como prevenir a depressão infantil?
Qual a importância do leigo conhecer melhor a depr...
Sintomas de depressão e ansiedade
Dicas para controlar a ansiedade
Como evitar a ansiedade
Ansiedade tratamento natural
Porque temos o sentimento de ansiedade
 

 

 

 

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Alimentos termogênicos
14 postagens
Tipos de Câncer e Tumores...
28 postagens
1001 maneiras de preparar...
47 postagens
AVC
17 postagens
Propriedades naturais da ...
21 postagens

 

Luto da Criança - Para entender o impacto que causa na criança a perda por morte de uma figura de forte apego afetivo (mãe, pai, irmãos), é preciso entender a teoria do apego. Existem 3 fases do luto, assim caracterizadas: "Busca ou protesto - o intenso desejo de recuperação da pessoa amada e perdida, que leva a comportamentos de busca inócua, produz uma forte reação de protesto pela impossibilidade de se alcançar o objetivo desejado. Desespero e desorganização - o conflito permanente entre o desejo e sua frustração, leva ao desespero, pois não se abdica do vínculo estabelecido com facilidade e sem sofrimento. O pensamento, constantemente concentrado nessa tarefa, deixa pouca possibilidade para dedicar-se a outras atividades, revelando o quanto é importante o trabalho de busca de uma resolução para o conflito; o mundo parece estar fora de contexto para o enlutado, tanto quanto este parece estar fora de contexto para o mundo. Recuperação e restituição - o conflito pode ser solucionado a partir de uma nova construção do vínculo com o falecido, o que preserva a relação em um outro patamar. O sofrimento diminui gradualmente, permitindo um retorno da atenção para o mundo e trazendo "a possibilidade do estabelecimento de novas relações." Acrescentar que, em casos de luto complicado, esses aspectos podem apresentar-se com intensidade ou duração alteradas, apontando para a impossibilidade de se caminhar dentro do processo esperado e constituindo-se um indicativo da não resolução do luto. 1) Choque, entorpecimento e dificuldade de acreditar na realidade; 2) Pesar e tristeza, acompanhados por dor mental e sofrimento, com choro e lamentação; 3) Senso de perda devido ao reconhecimento da ausência e da impossibilidade de recuperação; 4) Raiva é comum e pode se voltar contra a pessoa falecida, familiares, médicos, amigos e mesmo contra o próprio ego; 5) Culpa e arrependimento, que aparecem sob as formas: culpa por sobreviver, pela responsabilidade da morte ou pelo sofrimento que ela trouxe e, ainda, pela deslealdade do falecido; 6) Ansiedade e receios que aparecem sob a forma de insegurança, medos ou crises de angústia; 7) Imagens repetitivas da pessoa falecida próxima da morte, da doença, com caráter intrusivo e fora de controle; 8) Desorganização mental apresentando graus variados de distração, confusão, esquecimento ou falta de coerência; 9) Sobrecarga de tarefas e dificuldades para sua realização, que trazem a sensação de estar perdendo o controle, de desamparo e de sentir-se incapaz de enfrentar a realidade; 10) Alívio, especialmente após doença longa e sofrida, pelo término do sofrimento; 11) Solidão, que se expressa como sentir-se só mesmo quando em grupo e com picos de sentimentos intensos de isolamento; 12) Sentimentos positivos também aparecem, a intervalos, em meio ao pesar."
Laifi © 2011-2018 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda