Tóquio - Japão
4816 views
22 de Agosto de 2011
Pontos turísticos
Parques
Museus
Estádios
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Uniformes Cias Aéreas
188 postagens
Cuba
24 postagens
Natal (RN)
113 postagens
Cochabamba - Bolívia
17 postagens
Paraty
53 postagens

 

Palácio Imperial do Japão - Também chamado Palácio Imperial de Tóquio, é a residência oficial do Imperador do Japão. Está localizado no distrito de Chiyoda, no centro de Tóquio, próximo da Estação Tóquio. A propriedade imperial tem, aproximadamente, o mesmo tamanho do Central Park, cuja área é de 3,41 km², mas a área total, incluindo os jardins, é de 7,41 km². Após a capitulação do Shogunato e a restauração Meiji, os habitantes, incluindo o Shogun Tokugawa Yoshinobu, foram obrigados a desocupar as instalações do Castelo do Edo, construído em 1457 pelo samurai Ōta Dōkan. Ao longo dos anos, o castelo sofreu incêndios e terremotos e dos escombros renasceu o atual Palácio. Em 1868, o imperador deixou o Palácio Imperial de Kioto para se fixar em Tóquio e a sua nova residência oficial foi rebatizada "Castelo de Tóquio" em Outubro de 1868 e depois renomeado "Castelo Imperial" em 1869. O Palácio foi bombardeado e quase destruído (apesar da crença popular de que um lago cheio de peixes iria assustar as bombas à distância) durante a Segunda Guerra Mundial, mas foi reconstruído de forma idêntica em 1968 e contém vários edifícios, incluindo o Palácio, as residências particulares da família imperial, arquivos, museus e escritórios administrativos. Durante o auge da bolha de propriedade japonesa em 1980, os jardins do Palácio foram avaliados por alguns como mais do que o valor de todos os imóveis no estado da Califórnia. Hoje, a maior parte do Palácio está fora do acesso público, mas a Agência da Casa Imperial organiza visitas. Por outro lado, os Jardins Orientais estão habitualmente acessíveis aos turistas. A parte mais interior do complexo é aberta ao público apenas duas vezes por ano. No aniversário do imperador Akihito, a 23 de Setembro e no Ano Novo, 2 de Janeiro. Para se obter a melhor vista do Palácio é conveniente ficar perto da Ponte Nijubashi. jjoaovalentim.wordpress.com/
Laifi © 2011-2017 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda