Tóquio - Japão
4816 views
22 de Agosto de 2011
Pontos turísticos
Parques
Museus
Estádios
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Cordilheira dos Andes
19 postagens
Veneza
34 postagens
Sérvia
44 postagens
Florianópolis (SC)
156 postagens
Praias de Santa Catarina
99 postagens

 

A cidade - Com mais de 12 milhões de habitantes, Tóquio é a capital e maior cidade do Japão, além de ser uma das maiores metrópoles do mundo. Centro econômico e político do país, a cidade está situada na região Sudeste da ilha de Honshu, a maior do Japão. Somando-se a área metropolitana e a capital, Tóquio conta hoje com uma população de mais de vinte milhões de habitantes, quase dez por cento da população do país. A cidade de Tóquio foi quase totalmente destruída duas vezes durante o século XX. O primeiro desastre, acontecido em 1923, foi causado por terremotos seguidos de incêndios, e o outro, durante a Segunda Guerra Mundial, aconteceu quando tropas americanas bombardearam a cidade. Ambas tragédias mataram centenas de pessoas, mas também serviram para impulsionar a reconstrução da capital, desta vez muito mais moderna. Tóquio foi uma das cidades a se recuperar mais rápido depois da guerra e, hoje, sua economia e desenvolvimento estão entre os maiores do mundo. A cidade é sede de várias corporações internacionais, industriais e financeiras. Na produção industrial, Tóquio é famosa por sua indústria eletrônica e automobilística, que exporta produtos para todos os continentes do mundo. Apesar de sua pouca área territorial, Tóquio tem se expandido em direção à Baía de Tóquio, que teve cerca de um sétimo de sua área aterrada para dar lugar a novas construções da metrópole. Mesmo sendo tremendamente desenvolvida em relação a outras capitais do mundo, habitação e transporte são grandes problemas em Tóquio. A cidade não consegue comportar sua numerosa população, que teve que se mudar para o subúrbio para encontrar moradia. Por causa da falta de espaço, Tóquio possui poucas estradas e suas ruas não são suficientes para o trânsito, que se torna mais complicado e caótico com o passar dos tempos. Para resolver esta situação, sistemas de transporte público estão cada vez mais avançados, contando inclusive com trens bala, ligando a cidade ao resto do país e ao subúrbio. Devido às suas reconstruções e às tendências mundiais de unificação de linguagens e necessidade de comunicação, Tóquio hoje é uma cidade bilíngüe. Muitas das placas da cidade trazem informações nos alfabetos japonês e romano, facilitando a compreensão e localização para pessoas estrangeiras que não compreendem a complicada língua japonesa. A cidade ainda conserva alguns monumentos antigos, como o Palácio Imperial, localizado no centro da cidade, além de vários jardins, parques e templos. Muitos destes templos estão localizados dentro de parques, como por exemplo o templo dedicado ao Imperador Meiji, que atrai milhares de turistas todos os anos. Outros parques com museus são o Museu Nacional, a Galeria Metropolitana de Arte e o Museu Nacional de Ciência, localizados no Parque Ueno, e o Museu Nacional de Arte Moderna, localizado no parque Kitanomaru. Em sua parte moderna, a cidade conta com vários arranha-céus de muitos andares, construídos com alta tecnologia e estão situados principalmente no bairro Shinjuku. Em Tóquio encontram-se, ainda, bairros modernos como o Ginza e o Maronouchi, com suas construções tipicamente ocidentais. Tóquio foi a sede dos Jogos Olímpicos de 1964 e possui, até hoje, o seu parque olímpico, chamado Komazawa. A história de Tóquio retoma ao século XII, quando ainda era chamada Yedo. Entre os anos de 1590 e 1603, surgiu o primeiro shogun (líder militar), que governava o país em Yedo, apesar da capital na época ser Kyoto. Em 1853, os americanos começaram a chegar no local, para tentar ativar seu comércio com o oriente. No ano de 1868, os shoguns foram derrotados pelo imperador Mutsuhito, que restaurou a ordem no país, transferiu a capital para Yedo e renomeou a cidade como Tóquio, palavra que significa capital ocidental. Durante a Segunda Guerra Mundial, a capital foi o foco de ocupação americana no país, onde as tropas ocidentais permaneceram de 1945 até 1952. Desde então, a cidade reergueu-se e hoje é uma das maiores potências mundiais, movimentando bilhões de dólares por ano com seus lucrativos negócios. coladaweb.com
Laifi © 2011-2017 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda