Ervas Medicinais
22296 views
18 de Agosto de 2011
A
B
C
D - E
F - G
H - I
J - K
L - M
N - O - P
Q - R - S
T - U - V - X - Z
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Propriedades nutricionais...
15 postagens
Dieta das proteínas
37 postagens
1001 maneiras de preparar...
47 postagens
Alimentos termogênicos
14 postagens
Síndromes e Doenças
122 postagens

 

Alho (Allium sativum) - Alho (Allium sativum) O alho, Allium sativum é um membro da família Liliáceas, uma planta perene que é cultivada pelo mundo inteiro. O bulbo do alho é composto por dentes individuais fechados numa pele branca. É este bulbo, fresco ou desidratado que é usado como uma especiaria ou planta medicinal. Aplicação Clínica e Medicinal O alho tem uma vasta série de efeitos que tem sido bem documentado. É usado clinicamente: Como um agente anti-macrobiano Para activar a atividade imunitária Pelos seus efeitos cardio-vasculares Para baixar os níveis de colesterol No Leste, o alho é uma parte omnipresente da dieta. No Ocidente, é considerado um suplemento à saúde. Uma das opiniões básicas da naturopatia é de que o nosso alimento é a nossa medicina. O alho demonstra isso muito bem. Na Europa e na América do Norte, o alho é mais popular pelos seus efeitos sobre o sistema cardiovascular. Discutiremos isso mais detalhadamente no próximo módulo. Contudo, antes dos ataques do coração e colesterol serem descobertos, o alho era usado extensivamente por suas propriedades anti-infecciosas. O alho tem mostrado agora exercer um largo espectro de actividade anti-macrobiana, eficaz contra muitas bactérias, vírus e fungos. Suportando assim o uso histórico do alho no tratamento de uma variedade de estados infecciosos. Um estudo recente demonstrou que um extracto de Allium sativum inibe o crescimento de 22 micro-organismos diferentes, em condições laboratoriais. A significativa atividade anti-fúngica do alho foi também demonstrada pelo seu uso clínico em infecções de Candida, onde mostrou ser mais eficaz do que muitos tratamentos convencionais. Para além do uso das preparações de alho como remédio, o seu consumo como um alimento deveria ser encorajado. Isto particularmente naquelas pessoas com níveis elevados de colesterol, doenças do coração, hipertensão, queixas gastro-intestinais e infecções recidivantes do trato respiratório, onde as suas propriedades imuno-estimuladoras se têm demonstrado efetivas.
Laifi © 2011-2020 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda