Tipos de Câncer e Tumores
18279 views
05 de Agosto de 2011
O que causa o câncer?
O câncer é hereditário?
O câncer é contagioso?
Qual a diferença entre câncer in situ e invasivo?...
O câncer tem cura?
Todo tumor é câncer?
Como diagnosticar o câncer?
Quem está sob risco de desenvolver câncer?
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Síndromes e Doenças
122 postagens
Diversos tipos de drogas
18 postagens
Diferença entre bloqueado...
58 postagens
Frutas e suas propriedade...
28 postagens
Propriedades naturais da ...
21 postagens

 

Tumores Renais - Tipos de Tumores Renais Para que servem os rins? Entre as muitas funções do rim salientam-se as seguintes: - O rim é responsável pela eliminação dos resíduos tóxicos produzidos pelo nosso organismo como a uréia e o ácido úrico. É a sua função de filtração, de limpeza ou de depuração. - O rim controla o volume dos líquidos, portanto qualquer excesso de água no corpo é eliminado pela urina; é o chamado efeito diurético. - O rim exerce controle sobre os sais de nosso corpo, eliminando os seus excessos ou poupando-os nas situações de carência. - A partir do controle do volume (líquidos) e dos sais, ele exerce grande influência sobre a pressão arterial e venosa do nosso organismo. - O rim produz e secreta hormônios: a eritropoetina, a vitamina D e a renina. A eritropoetina interfere na produção dos glóbulos vermelhos e a sua falta pode levar a uma anemia de difícil tratamento. A vitamina D, calciferol, controla a absorção intestinal de cálcio. E a renina, junto com a aldosterona, controla o volume dos líquidos e a pressão arterial de nosso organismo. Quais tipos de tumores renais existem? O câncer de rim pode se distribuir em cinco tipos principais de neoplasias: Carcinoma Renal de Células Claras (70 a 90% dos casos) Também conhecido como RCC (Renal Cell Carcinoma) é o tipo de câncer mais comum originado geralmente no tubo (tubo contorcido proximal) responsável por filtrar as impurezas do sangue. O Carcinoma de Células Claras raramente afeta os dois rins simultaneamente. Carcinoma Papilar (10 a 15% dos casos) O segundo tipo de tumor mais comum relacionado ao rim, é pequeno e pouco palpável. Tem a possibilidade de bloquear a urina, obstrução das vias urinárias e causar dor. Carcinoma Renal Cromófobo ( 4 a 5% dos casos) São células cancerígenas que levam esse nome por não aparecer nos exames sem cor alguma, apenas reagindo a corantes em azul escuro ou roxo. Ductos Coletores (1%) É tipo de câncer raro que se origina em uma das estruturas do rim, chamado Tubo de Bellini. Sarcomatóides (1%) Trata-se de um tumor também raro, mas agressivo, com características bem similares as do Carcinoma Renal de Células Claras. Sintomas: O sintoma mais comum é a hematúria micro ou macroscópica que ocorre em 60% dos pacientes. A tríade clássica de hematúria, dor abdominal ou no flanco e massa palpável está presente em menos de 10% dos pacientes, sendo mais freqüente nos casos de doença avançada. A dor óssea pode estar presente nos casos de metástases para o esqueleto e a dispnéia e a tosse nos casos de acometimento pulmonar. A varicocele aguda pode ser um sinal de tumor renal avançado; nesses casos suspeitamos de envolvimento da veia renal ou cava. As síndromes paraneoplásicas podem estar presentes em um terço dos pacientes e se manifestam como eritrocitose, hipercalcemia, hipertensão arterial, febre, anemia e alteração da função hepática. Estas alterações são reversíveis com a retirada do tumor. No entanto, se as manifestações da síndrome paraneoplásica permanecerem no pós-operatório ou aparecerem tardiamente, devemos suspeitar de doença metastática. Atualmente, com o desenvolvimento dos métodos de imagem, uma grande parte dos tumores renais (cerca de 30%) são achados incidentalmente, através de exames ultra-sonográficos ou de tomografias computadorizadas realizadas para diagnosticar outras doenças. Tratamento O tratamento adequado, depende particularmente do estádio do tumor. Cerca de 70% dos casos, apresentam-se nos estádios I, II e III e 30%, no estádio IV. A retirada completa da lesão em estádio ainda inicial, é o único tratamento potencialmente curativo existente. Fontes: http://www.cliquecontraocancer.com.br/subpaginas.cfm?id=39&p=tipos-de-tumores-renais http://www.radiologiaclinicadecampinas.com.br/info_12.htm http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?270
Laifi © 2011-2019 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda