Leis de Newton
17912 views
21 de Julho de 2011
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Símbolos da Matemática
71 postagens
Misturas
30 postagens
Extremos da natureza
16 postagens
Chico Xavier
40 postagens
A história da Matemática ...
30 postagens

 

Primeira Lei de Newton - Consideremos a seguinte questão: o que acontece com o movimento de um corpo livre da ação de qualquer força? Podemos responder a essa pergunta em duas partes. A primeira delas trata do efeito da inexistência de forças sobre o corpo parado ou em repouso. Não podemos negar que a resposta é praticamente óbvia: se nenhuma força tua sobre o corpo em repouso, ele continua em repouso. A segunda parte trata do efeito da inexistência de forças sobre o corpo em movimento. A resposta, embora seja simples, não é nada óbvia: se nenhuma força atua sobre um corpo em movimento, ele continua em movimento. A principal indagação é, então: qual o tipo de movimento? Como não existem forças agindo sobre o corpo, a sua velocidade não se altera, ou seja, não aumenta, não diminui e não muda de direção. Assim, o único movimento possível para este corpo é o movimento retilíneo uniforme (MRU). A primeira lei de Newton reúne ambas as respostas em um único resultado: "Um corpo tende a permanecer em seu estado de repouso ou de movimento retilíneo uniforme se nenhuma força atuar sobre ele." Deste modo, a primeira lei de Newton afirma que, na ausência de forças, todo corpo fica como está: parado se estiver parado, em movimento se estiver em movimento. É por isso que esta lei recebe o nome de princípio da inércia. Vale salientar que a ideia de o corpo se mover diante da inexistência de forças sobre ele sempre foi muito difícil de ser compreendida e, consequentemente, aceita. Aliás, durante séculos prevaleceu exatamente a ideia contrária: só há movimento na presença de forças até o disseminação das ideias de Galileu. Através destes estudos foi possível verificar que para mantermos um corpo em movimento não precisamos de forças, mas, para fazer o movimento cessar, é necessária a ação de uma força.
Laifi © 2011-2022 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda