Vida e Obra de José Saramago
13145 views
12 de Julho de 2011
Romances
Peças Teatrais
Contos
Terra de Homens - 1979
Crônicas
Poemas
Diário e Memórias
Viagens
Infantil
Estilo de escrita do autor
Prêmios
Prêmio Camões (1995)
Frases célebres
"Se tens um coração de ferro, bom proveito. ...
"Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo....
"Todos sabemos que cada dia que nasce é o pri...
"Dentro de nós há uma coisa que não tem nome,...
"Dirão, em som, as coisas que, calados,no sil...
"O que as vitórias têm de mau é que não são d...
"A única maneira de liquidar o dragão é corta...
"Das habilidades que o mundo sabe, essa é a q...
"Aprender com a experiência dos outros é meno...
Vídeos Interessantes
Curiosidades
Cinzas de Saramago são depositadas aos pés de uma ...
Livro inacabado será publicado em 2012
Países e línguas em que a obra foi publicada
 
Você pode ajudar a construir este Laifi! Para inserir textos, imagens ou vídeos, passe o mouse sobre o lápis do item desejado e escolha "Incluir".

Dica: utilize esta barra ou o botão de rolagem do mouse para aumentar ou diminuir o zoom.
Dica 2: para navegar neste Laifi, clique em alguma região vazia e arraste-o para a direção desejada.

Laifis em destaque
Processo de formação do r...
33 postagens
Érico Veríssimo - Vida e ...
34 postagens
Principais idiomas falado...
11 postagens
Atividades infantis para ...
83 postagens
Soluções
34 postagens

 

Ensaio Sobre a Lucidez - 2004 - Numa manhã de votação que parecia como todas as outras, na capital de um país imaginário, os funcionários de uma das seções eleitorais se deparam com uma situação insólita, que mais tarde, durante as apurações, se confirmaria de maneira espantosa. Aquele não seria um pleito como tantos outros, com a tradicional divisão dos votos entre os partidos "da direita", "do centro" e "da esquerda"; o que se verifica é uma opção radical pelo voto em branco. Usando o símbolo máximo da democracia - o voto -, os eleitores parecem questionar profundamente o sistema de sucessão governamental em seu país. É desse "corte de energia cívica" que fala Ensaio sobre a lucidez (2004). Não apenas no título José Saramago remete ao seu Ensaio sobre a cegueira (1995): também na trama ele retoma personagens e situações, revisitando algumas das questões éticas e políticas abordadas naquele romance. Ao narrar as providências de governo, polícia e imprensa para entender as razões da "epidemia branca" - ações estas que levam rapidamente a um devaneio autoritário -, o autor faz uma alegoria da fragilidade dos rituais democráticos, do sistema político e das instituições que nos governam. O que se propõe não é a substituição da democracia por um sistema alternativo, mas o seu permanente questionamento. É pela via da ficção que José Saramago entrevê uma saída para esse impasse - pois é a potência simbólica da literatura (território em que reflexão, humor, arte e política se entrosam) que se revela capaz de vencer a mediocridade, a ignorância e o medo. http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=11880
Laifi © 2011-2022 Idioma: Português (BR) | Sobre o Laifi | Termos de uso | Política de privacidade | Ajuda